sábado, 14 de março de 2009



O Príncipe Charles rogou uma praga em Lula depois de ter sido chamado de Príncipe "Chaves". O cerimonial garantiu que não foi "sem querer querendo...".

Fato é que a macumba real britânica surtiu efeito.

Em terras do tio Sam, o presidente do Brazil teve de amargar um solene "Luis Ignacio", ao ser anunciado. Mais. A revista Foreign Policy, que deveria primar pela exatidão retórica ao cuidar de assuntos ligados a líderes estrangeiros, publica o nome do presidente como "Lula". Entre aspas.

Como todos sabem, o vocábulo moluscóide se inseriu há anos no nome presidencial.

Fico me perguntando o que teria acontecido a Lula, se, por engano, tivesse chamado Barack de "cumpanheiro OSAMA"...

2 comentários:

Ruy Barbosa disse...

Que bom que voltou, dileta amiga

Marcos Freitas disse...

Hum, ainda teremos mais um ano e meio de gafe no poder.

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios