quarta-feira, 28 de maio de 2008

Quanto tempo vai durar?



O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou, na noite desta terça-feira (27), uma medida provisória que reduz a tributação sobre o trigo in natura, a farinha de trigo e o pão francês. O objetivo é impedir a alta de preços do produto. O governo já havia anunciado a medida na semana passada, e o presidente enviou as mudanças junto com a MP de renegociação da dívida agrária.

“Desonera em 9,5% o PIS e a Cofins da farinha de trigo, do trigo in natura e do pãozinho. Além disso, reduz 25% para os fretes cobrados pelo fundo da marinha mercante [na importação de trigo]. Dessa maneira estaremos reduzindo custos desses produtos para evitar que o preço do pãozinho continue crescendo”, disse o ministro após a cerimônia de assinatura da MP.

Na semana passada, o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Bernard Appy, disse que o governo federal espera uma redução de 9,25% para o consumidor no preço do pão francês por conta da suspensão da cobrança do PIS e da Cofins. As medidas do governo buscam conter o aumento do preço do pão, que já subiu 25% nos últimos meses.

À época, o secretário de Política Econômica informou ainda que o governo pensa em adotar novas reduções de impostos para outros produtos da cesta básica, como óleo de soja e açúcar. Entretanto, afirmou que isso aconteceria somente em 2010, após a aprovação da reforma tributária, com o início do Imposto Sobre Valor Agregado Federal (IVA-F). "Com o IVA Federal, podemos ter uma incidência tributária menor sobre a cesta básica", disse Appy.

Fonte: Globo.com

Um comentário:

Passageiro disse...

Não muito, tira-se pela nova CPMF, o imposto mais burro de todos os tempos.

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios