segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Advinha quem autorizou a construção daquele prédio na trilha da Pista de Congonhas?



Marta Suplicy, atual ministra do Turismo, é responsável pela autorização da Prefeitura de São Paulo, quando foi prefeita, para que o empresário Oscar Moroni Filho, conhecido em São Paulo como "o rei do prazer", tenha iniciado a construção do Oscar Hotel.

Os pilotos dos aviões precisam desviar desse edifício quando estão na "reta final" para a pista de Congonhas.

Isso faz com que a aproximação acabe inutilizando cerca de 130 metros da pista principal do aeroporto, tornando-a mais curta. O editfício fica localizado a 600 metros da cabeceira da pista 35 de Congonhas. Oscar Moroni Filho é dono do principal cabaré de São Paulo, o "clube privé" Bahamas, que rende mais de 30 milhões de reais ao ano.

O projeto do hotel ocupa 10 mil metros quadrados e custa 20 milhões de reais.

Esse projeto já havia sido vetado pela Aeronáutica, mas misteriosamente acabou conseguindo autorização, assim como também da Prefeitura de São Paulo na administração Marta Suplicy.



Um lugar, realmente, para relaxar e gozar... Da nossa cara!

4 comentários:

Rui Barbosa disse...

E depois falam que esse lugar aí não é casa de prostituição! Como se fala mesmo otorrinolaring... huahuahua

Rui Barbosa disse...

A cara da vossa ilustre prefeita está condizente huahua Que figura!

Anônimo disse...

Não sabia que a Marta tb era engenheira aeronáutica...

Dan disse...

Ou seja: relaxar e gozar dá um dinheirão danado, né?

E dizem que ela vai concorrer à presidência... tsc

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios