quarta-feira, 26 de outubro de 2005

Celso Daniel deu a vida pelo PT (em troca de quê?)



Álvaro Dias na CPI dos Bingos, onde se confrontam os irmãos de Celso Daniel e o assessor de Lula, trouxe a famigerada "fita" do juiz Rocha Mattos na manga do colete.

O pavor dos petistas é evidente. Preferem aguardar a fita "original" que, segundo os senadores do PT, deve ser "auditada" antes pela Polícia Federal.

Ideli Salvatti, ante à possibilidade real de ser transmitida a fita ainda hoje, empunhou seu celular, imediatamente confabulando, nervosa, com seus coleguinhas da fileira de trás.

Que vergonha! A quem eles pensam que estão enganando? Mais uma vez, a censura petista é prévia. Suja. Antidemocrática. Arbitrária.

Deve ter muita gente com saudades dos militares...


segunda-feira, 24 de outubro de 2005

Será que é ele quem ri por último ?


domingo, 23 de outubro de 2005

Quem vai ganhar???



X



sexta-feira, 21 de outubro de 2005

Saudades Tributárias



Hoje não fui trabalhar...

Desencanto com o ser humano, com os profissionais do Direito.

Arrependimento de ter escolhido ser advogada...

Perplexidade por não poder mudar o mundo.

Arcando literalmente com a dor de carregar nas costas uma função pública...


Hoje quis esquecer de tudo..


Quase perto de casa, travessa da marginal Pinheiros, descendo pela Avenida Juscelino Kubitschek, deparei-me com uma rua nova.

Rua Geraldo Ataliba.

Foi inevitável lembrar-me de meu orientador do Mestrado.


Se todo o ser humano tem um pouco de divino, a parte humana do mestre evocava o fumante inveterado, o terno amarrotado, os cabelos despenteados, o olhar sedutor.

Mas foi a parte divina de Geraldo Ataliba, aquela que deduzia que a injustiça social decorria tão somente da desobediência ao princípio federativo, que me fez lembrar do grande tributarista com saudades.

Chorei. Uma vez mais convenci-me de que somente Deus é justiça. Deus privou Geraldo de ter que vivenciar a decadência absoluta dos valores em que acreditava.


 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios