segunda-feira, 15 de agosto de 2005

Nem Domingo, nem Carrera, nem Pavarotti

Não espalhem...

Fiquei alguns meses fora do ar, mas é que, ao estudar a reforma tributária, notei que havia algo de podre no reino da Dinamarca. Talvez algo como um "dejà vu"...

Acreditei sinceramente que o problemão do PT tinha sido maior na cidade de São Paulo, com a gestão da titia Marta Tereza.

Ledo engano.

Foi aí que fui contratada, como agente de espionagem e informante secreta, de um certo tenor.

Vocês dirão: qual a relação entre a Tributarista e o Fantasma da Ópera de Brasília?

Aguardem e verão!


bobjeff

Nenhum comentário:

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios