terça-feira, 14 de dezembro de 2004

Autópsia







P: Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor checou o pulso da vítima?

R: Não.


P: O senhor checou a pressão arterial?

R: Não.




P: O senhor checou a respiração?

R: Não.


P: Então, é possível que a vítima estivesse viva quando autópsia começou?

R: Não.


P: Como o senhor pode ter essa certeza?

R: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.


P: Mas ele poderia estar vivo mesmo assim?

R: Sim, é possível que ele estivesse vivo e cursando Direito em algum lugar!!


Nenhum comentário:

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios